Imprimir
PDF

Funcionários de Call Center recebem curso e trabalham em casa

 

Eles fazem parte de uma das categorias mais expostas ao stress. Pior é que muitos enfrentam horas e horas de trânsito todos os dias antes de começar a ouvir as reclamações. E, é claro, dá uma certa inveja de quem não precisa sair de casa para trabalhar.

Inveja que Andresa Fernandes não tem mais. Todos os dias ela se arruma para trabalhar, mas na própria casa. O percurso é apenas do quarto para o escritório onde fica a estação de trabalho. "Eu economizo em tempo. Antes eu perdia muito tempo em ônibus, 2 horas pra ir e 2 horas pra voltar".

Os benefícios do trabalho em casa se estendem também às empresas. A redução de custos pode chegar a 30% e as pesquisas mostram que a satisfação dos clientes melhorou.

Mesmo com tantas vantagens para empresas e trabalhadores, a expansão dos Call Centers domésticos está aquem do esperado. Tudo porque ainda não existe um alegislação específica em vigor que regulamente a atividade. Mas a solução para esse problema já está na mesa da presidente Dilma.

A Câmara dos Deputados aprovou a alteração do artigo que dá os mesmos direitos aos trabalhadores à distância. Falta apenas a assinatura da presidente.

Para a Associação Brasileira das Relações Empresa Cliente, com legislação adequada, o Brasil pode se transformar em um mega centro de atendimento que seria utilizado até por outros países.

Veja a matéria completa em vídeo clique na imagem abaixo: